Tributo ao Bathory

 

Leia a matéria também no Whisplash.net:

https://whiplash.net/materias/news_714/345402-buaiteoir.html

A chegada do primeiro verão (Primvs Ver), Ostara, é sempre um tempo de renovação, prosperidade e florescimento para João Andrade e seu projeto Buaiteoir.

No último dia 30 de setembro de 2022, a Antichrist Magazine e a Grand Sounds Promotion fizeram mais um lançamento digital em seu canal no Youtube, desta vez a revista e a produtora ucranianas homenagearam a potência máxima do Black Metal, Bathory, banda que escreveu sua história a partir da genialidade de Thomas Börje Forsberg (Quorthon).

Entre bandas de diversas partes do mundo estão representando o Brasil, junto com o projeto recifense de Folk Metal, a Battle Raven, a Brave e a Hellish War.

Nas palavras do idealizador do projeto Pernambuco, ter participado do Tributo ao Motörhead, foi uma enorme surpresa, no entanto saber, pouco depois deste lançamento, que o Buaiteoir havia sido convidado para elencar o Tributo ao Bathory, realmente deixou João Andrade sem palavras.

“Dias depois do lançamento do Tributo ao Motörhead (13 de abril de 2022), recebi um novo e-mail da produtora convidando para algo inimaginável. Gravar 1916 elevou meu trabalho a um nível que eu jamais poderia esperar nesses 25 anos de estrada, pois há uma grande diferença entre você gravar uma música de uma banda consagrada “por gravar” e você ser convidado para tanto. Posso considerar que, hoje, o Buaiteoir tem o reconhecimento merecido pelo esforço sem pretensão. Sim, sem pretensão, pois quando criei o projeto, uma décadas atrás, apenas queria conhecer como me portaria atuando em uma área distante do que costumava ouvir e tocar.

 

Assim como foi com o Lemmy Kilmister, precisei realizar um estudo aprofundado da obra de Quorthon para escolher a música que pudesse ter afinidade entre ambas as partes. A música escolhida foi “Foreverdark woods” do álbum Nordland primeira parte de 2002. Apesar de muitas outras terem sido selecionadas na pré-produção do single.

Para mim como músico, arranjador e compositor, diz João Andrade, mergulhar na obra do Thomas foi de grande satisfação, pois há em sua essência, além da genialidade, muita humildade e sinceridade. Posso dizer, hoje, que por este e muitos outros motivos, tenho me aproximado cada vez mais do Black Metal e me afastado de outros estilos, aos quais dediquei muito de mim, outrora. Existe nesses grupos uma aura de disputa sem lógica onde a sua criatividade não é considerada, onde há muito julgamento e cobranças de qualidade e técnica que vão levar você a lugar algum. Quem faz música faz por prazer, não para buscar fama ou sucesso ou ser melhor que o coleguinha. Palavras com união, coleguismo e apoio soam espúrias em outras vertentes do Metal, pois na cena Black Metal, em especial fora do Brasil, há uma essência maior que é o acolhimento e a hospitalidade.

Atualmente a agenda do Buaiteoir está apertado, segundo Andrade, o livro que traz a biografia dos 10 anos, isto é, da primeira fase do projeto está sendo finalizado e será lançado em 2023. Está sendo estudada a possibilidade de um show comemorativo e mais algumas novidades que serão disponibilizadas no site nos próximos meses.

JA

Tributo ao Motörhead

Leia a matéria também no Whisplash.net: https://whiplash.net/materias/news_720/341004-buaiteoir.html

 

No último dia 13 de abril de 2022, a Antichrist Magazine e Grand Sounds Promotion fizeram mais um lançamento digital em seu canal no Youtube, desta vez as produtoras homenagearam a lendária banda Motörhead e a memória de um dos maiores ícones do Heavy Metal, Lemmy Kilmister.

Entre bandas de várias partes do mundo, Tyranno, Suck This Punch, Hammathaz, Warshipper estão representando o Brasil, bem como o Buaiteoir, folk metal do Recife, Pernambuco que fez uma releitura da música 1916, do álbum homônimo, lançado em 1991.

Recebi o convite para participar do Tributo ao Motörhead em agosto de 2021. Fiquei surpreso para não dizer sem palavras, pois fazer uma participação em um tributo Internacional mostra que o Buaiteoir, está realizando um bom trabalho. Desde o lançamento do Tionscnmah (EP, 2014), estamos ganhando espaço na cena mundial, mesmo sendo independente.  

Gravar uma música do Motörhead é uma grande honra e responsabilidade, especialmente pelo fato de não ser apenas uma execução, mas uma releitura. 1916 é uma canção pouco conhecida para alguns, acredito. Foi uma sugestão, visto sua pegada e clima se assemelharem ao estilo de folk metal feito pelo Buaiteoir. Eu particularmente não a conhecia, mas logo de cara gostei e me senti muito à vontade para lhe compor um novo arranjo. Cada um tem sua opinião sobre o que sente prazer em escutar, talvez por conta dos meus 25 anos como músico eu prefira o desafio de deixar fluir a criatividade, mas sem abrir mão de ouvir a música como ela foi gravada no disco, originalmente.

Apesar de estar muito feliz com tudo o que vem acontecendo para o Buaiteoir, visto as novidades que estão por vir, ainda assim fico muito triste pelo que está acontecendo no mundo. Buaiteoir se solidariza pelas pessoas inocentes que nada têm haver com esta guerra sem sentido.

“NADA justifica a violência e morte de inocentes!!! Pare a guerra na Ucrânia agora!!!!”

João Andrade

Lançamento do single Among the dead (Battle of Tabocas)

 
Após um longo período em silêncio, Buaiteoir (Folk Metal, Recife) lança novo single “Among the dead (Battle of Tabocas)”. Segundo conta a história, no dia 3 de agosto de 1645, João Fernandes Vieira, Antônio Dias Cardoso e demais Insurretos conseguiam a primeira vitória sobre as forças da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais – WIC, no Monte das Tabocas, localizado no município da Vitória de Santo Antão, distante cerca de 50km da capital Recife (Pernambuco). Documentos históricos relatam que foi o mais sangrento dos combates da Guerra Brasílica (1630-1654), mas um fato intrigante, destaca o manuscrito, foi a presença dos corpos de uma mulher indígena e seu bebê “entre os mortos”. No entanto, ninguém nunca saberá o que motivou tão inesperada presença naquele campo de batalha, bem como porque mãe e filho foram mortos com apenas uma única bala? Você tem uma opnião do que deve ter ocorrido? Diga lá nos comentários do Lyric vídeo “Among the dead” no canal do Youtube.
 
O lançamento do single no Brasil foi, com exclusividade, pela Rádio Jovem Rock FM (https://youtube.com/c/JovemRockFM), das Minas Gerais. Na europa no Festival da produtora européia RTR, o Ride To Rock Fest, edição 2021 (https://instagram.com/rtrockfest) e na Argentina pela live do programa “Conociendo bandas”  apresentado por  Débora Fernandez e transmitido pelo Canal do La Cúpula Bar Rock (Buenos Aires) no Youtube.
 
O trabalho ganhou, também, notoriedade junto à Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco, que publicou em seu perfil do Instagram um vídeo comemorativo dos 376 anos da Batalha das Tabocas,  produzido pela Prefeitura da Vitória de Santo Antão com a música “Among the dead”, tendo sido destaque no portal Pernambuco Holandês (http://www.pernambucoholandes.bib.br).
 
Ouça nas plataformas digitais:
 
Assista no YouTube: